fbpx
sexta-feira, 12 abril 2024

Governo quer retomar processos de novas UCs parados desde 2002



Legenda: Parte do Cerrado abrigado na Serra da Canastra, em Minas Gerais. Foto: Hudson Pontes da Silva / Creative Commons

De 219 procedimentos para criar e ampliar parques nacionais e outras reservas ecológicas federais, 50 estão no Cerrado

Acabou hoje uma oficina capitaneada pelo ICMBio que priorizou processos para criar e ampliar unidades federais de conservação. Uma tarefa árdua, pois há 219 procedimentos acumulados desde 2002. Desses, o Cerrado tem o maior número de propostas, 50 ao todo.

Os principais processos a serem continuados foram definidos desde critérios como pressão de ações humanas, reforçar a adaptação à crise do clima, riqueza biológica, proteger serviços ecossistêmicos, compor corredores e mosaicos ecológicos, prevenção e combate ao desmatamento.

De seus biomas, o Brasil abriga em reservas federais, estaduais e municipais 28,41% da Amazônia, 10,38% da Mata Atlântica, 9,16% da Caatinga, 8,62% do Cerrado, 4,68% do Pantanal e 2,95% do Pampa, mostra o Cadastro Nacional de Unidades de Conservação (CNUC).

Fonte: https://oeco.org.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Posso ajudar?