fbpx
segunda-feira, 17 junho 2024

Acesso ao Parque Nacional da Serra da Canastra será recuperado; obra protegerá nascente do São Francisco



MIDR e Codevasf vão investir cerca de R$ 57 milhões no empreendimento

Por: Fernando Néto / Foto: Codevasf

A estrada de acesso ao Parque Nacional da Serra da Canastra — berço da nascente histórica do rio São Francisco, em São Roque de Minas (MG) — será recuperada. Cerca de R$ 57 milhões serão investidos no empreendimento pelo Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). A ordem de serviço para o início da execução das obras foi assinada nesta quarta-feira (15) em solenidade na sede Codevasf, em Brasília.

Participaram do evento o diretor-presidente da Codevasf, Marcelo Moreira; o secretário de Fundos e Instrumentos Financeiros do MIDR, Eduardo Tavares, representando o ministro Waldez Góes; o diretor da Área de Revitalização e Desenvolvimento Territorial da Companhia, José Vivaldo Mendonça, além de parlamentares, prefeitos, técnicos e gestores da empresa e convidados.

“Estamos concretizando uma ação sonhada pelos municípios da região. Essa obra vai permitir não apenas o acesso à nascente histórica do São Francisco, mas também vai permitir o controle de incêndios na área do parque, além do controle da erosão da principal nascente do Velho Chico e da ampliação da visitação turística ao local”, explicou Moreira.

Foto: Codevasf

A recuperação da estrada, além de proporcionar uma infraestrutura adequada de acesso ao Parque, tem por objetivo promover a proteção da nascente histórica do rio São Francisco com ações de contenção de processos erosivos e voçorocas por meio da estabilização de taludes e drenagem da via. Será usado pavimento intertravado. Além de outras melhorias, serão instalados dispositivos de segurança, muros de contenção e telas metálicas de alta resistência ao longo do trajeto.

José Vivaldo Mendonça reforçou a importância da obra no tocante à relevância do São Francisco. “A nascente do Velho Chico é um marco natural de um dos mais importantes rios do Brasil. Essa ação da recuperação da estrada de acesso ao parque reflete o compromisso da Codevasf com a gestão sustentável dos recursos hídricos e a preservação do meio ambiente”, enfatizou.

“A Codevasf cada vez mais se posiciona como uma gigante na função primordial de indução do desenvolvimento, da redução de desigualdades, do cumprimento do papel fundamental do Governo Federal, enquanto elemento integrador do país, que pode pensar em agendas estruturantes como essa de revitalização de bacias”, ressaltou Eduardo Tavares.

Após a solenidade, foram autorizadas outras obras em Minas Gerais com investimento de cerca de R$ 11,2 milhões. Foi assinada ordem de serviço para recapeamento asfáltico em vias urbanas dos municípios de Araxá e São Gonçalo do Abaeté, nos valores de R$ 1,1 milhão e R$ 4,6 milhões, respectivamente. Em benefício do município de Taiobeiras, foi dada ordem de serviço para as obras de construção do Centro de Convenções e Escola de Moda, envolvendo recursos da ordem de R$ 5,5 milhões.

Parque Nacional da Serra da Canastra

O Parque Nacional da Serra da Canastra está situado entre as regiões Oeste e Sul de Minas Gerais, abrangendo as bacias hidrográficas do rio São Francisco, do rio Grande, do rio Paranaíba e de parte do território dos municípios de São Roque de Minas, Capitólio, Vargem Bonita, São João Batista do Glória, Delfinópolis e Sacramento.

Foto: Codevasf

Criado pelo Decreto nº 70.355, de 3 de abril de 1972, o Parque destaca-se por proteger as nascentes das bacias dos rios São Francisco, local de interesse histórico-cultural, e a cachoeira da Casca D’Anta, a primeira cachoeira do rio São Francisco, com 186 metros de queda livre.

O Parque localiza-se integralmente no Bioma Cerrado, um dos ecossistemas brasileiros mais ameaçados. Assim, o Parque é identificado como um dos mais importantes instrumentos de proteção desse ambiente natural.

Codevasf 50 anos

Em 2024, a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) completa 50 anos de existência. Criada pela Lei nº 6.088/1974, a Codevasf é uma empresa pública federal, vinculada ao Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR), e tem como missão “promover o desenvolvimento regional de forma integrada e sustentável nas bacias hidrográficas, contribuindo para a redução das desigualdades”.

A Empresa executa políticas públicas nas áreas de infraestrutura, segurança hídrica, agricultura irrigada, revitalização de bacias hidrográficas e economia sustentável. Suas ações incluem a implantação de projetos de irrigação; a realização de obras como canais, adutoras, sistemas de abastecimento e sistemas de esgotamento sanitário; o atendimento a comunidades rurais difusas, com a instalação de poços e cisternas; a revitalização do meio ambiente, com contenção de processos erosivos e repovoamento de rios com peixes de espécies nativas; e o suporte a atividades produtivas, como a agricultura familiar, a piscicultura e a apicultura.

Fonte: Codevasf

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Posso ajudar?